Resenha When the Weather Is Fine (Eu irei quando o tempo estiver bom) K-drama

When the weather is fine
Ano/2020
16 episódios
Onde assistir: Viki

Sinopse: A violoncelista Hae Won é afetuosa, mas fechou-se para o amor após algumas experiências infelizes.
 Ela mora na capital, mas, um dia, ao cansar-se da vida na cidade grande, decide voltar para a sua terra natal, uma pequena vila no campo, longe da agitação de Seul. O retorno para o interior lhe ajuda a reconquistar um pouco de paz interior, mas, quando ela conhece o proprietário de uma pequena livraria independente, Eun Seop, sua vida – e sua perspectiva sobre o amor – começam a mudar pouco a pouco. Eun Seop leva a vida em um ritmo muito mais lento do que a maioria das pessoas que Hae Won conhecia em Seul. Aos poucos, os dois se veem atraídos um pelo outro... Será que Hae Won abrirá espaço para um pouco de intimidade em sua vida? Ela conseguirá confiar em Eun Seop? E será que os dois encontrarão o amor no idílico interior da Coreia do Sul?

Hae Won saiu de Seul, decidida a voltar para uma pequena vila no campo, na sua terra natal, ela não pretende voltar para Seul nem tão cedo. Ela volta a pensão que sua avó tinha e passa a morar com sua tia (que não quer a pensão seja reaberta). Afim de ocupar o tempo, ela decide fazer pequenos ajustes na pensão para que sua tia a reabra. 

Hae Won acaba reencontrando Eun Seop, ele estudou com ela no colegial e sempre fora apaixonado por ela. Eles começam a criar um vínculo de amizade, acontece um acidente na pensão da sua família e ela passa alguns dias morando na casa dele, e logo depois começa a trabalhar na livraria.

Hae Won fica contente com a amizade e aos poucos ela começa a se apaixonar por ele, e Eun Seop apesar de sempre ter sido apaixonado por ela, tem medo de ter um relacionamento. O drama vai mostrando lentamente o desenvolvimento do relacionamento dos personagens, o que faz com a gente se apaixone ainda mais por eles.

“Eu sei o calor, e fiz uma careta franzida por causa do sol deslumbrante. Por isso tenho medo. Adindo assim Hae Won, eu gosto de você. “

Hae Won passou por muitas dificuldades na vida, principalmente no colegial por conta da sua mãe, agora anos depois essas cicatrizes ainda são vívidas em sua memória, e nesse drama ela terá que lidar com uma série de questões envolvendo seu passado. Eu confesso que estou acostumada em ver a Rachel em papéis mais divertidos, para mim foi uma surpresa agradável vê-la em um melodrama, atuando maravilhosamente bem (como sempre).

Eun Seop é caloroso e amoroso, infelizmente teve um passado difícil e por isso se fecha para qualquer tipo de relacionamento, ele basicamente tem medo dos seus próprios sentimentos e ser ferido como foi no passado. A forma como ele trata Hae Won é linda, em cada cena a gente percebe que é um amor puro e sincero (é para suspirar em cada cena).

“Você era uma pessoa tão calorosa, você era tão quente comigo. Acho que é por isso que eu suspeitei dos seus sentimentos por mim. “

O drama tem um ar melancólico que faz com que as coisas aconteçam lentamente e ao mesmo tempo no tempo certo, é até estranho usar essas palavras, mas o ritmo do drama é esse, ele é cálido e intenso ao mesmo tempo, é o tipo de drama para assistir em uma noite fria com uma xícara de chá. Eu que sempre fui apaixonada por livros fiquei encantada pelo drama se passar nesse universo. O drama é sereno e a cada episódio vamos conhecendo mais profundamente cada personagem.

O drama nos faz perceber as pequenas alegrias que temos na vida, seja uma boa noite de sono, um bom livro, uma xícara quente de chá. É aquele tipo de drama realista que nos faz repensar no que temos dado valor no nosso dia a dia.

Os personagens secundários complementam a história, o clube do livro foi uma das coisas que eu mais amei no drama, sério, gente! Dá vontade de entrar no drama e participar. Principalmente por ver pessoas de todas as idades compartilhando do mesmo sentimento – o amor pelos livros.

A fotografia, a narrativa e a trilha sonora são perfeitas e retratam bem a dinâmica desse drama.  É um drama caloroso assim como Eun Seop, que trata sobre amores, recomeços e se permitir amar!





Um comentário

  1. Eu estou gostando muito. Descobri essa serie meio por acaso. É estou apaixonada. Gosto muito de história assim....lírica e delicada.

    ResponderExcluir